Por que a maioria das mulheres tem seios de tamanhos diferentes?

É absolutamente normal ter os seios de tamanhos diferentes e acontece com a maioria das mulheres. Ninguém tem os dois lados do corpo absolutamente idênticos. Nossas orelhas, mãos, pernas, pés podem variar tanto no formato como no tamanho. Assim acontece também com os seios, os quais podem não só apresentar tamanhos diferentes como também o formato de um bico pode diferenciar do outro. E uma explicação para esta diferença de tamanho é que as mamas não começam a se desenvolver exatamente ao mesmo tempo e com a mesma velocidade, uma vez que pode haver diferença em seus receptores hormonais fazendo com que uma se desenvolva antes da outra, tornando-as diferentes, em grande parte das mulheres.

Existem mulheres que possuem uma leve assimetria e outras que usam um número de sutiã três vezes maior em um seio do que no outro.  Em cerca de 70% das mulheres o seio esquerdo é maior que o direito. Essa assimetria das mamas pode estar associada a surtos de crescimento rápido, antes e durante a puberdade. O desequilíbrio hormonal e problemas de desenvolvimento. Existem várias explicações até então não comprovadas cientificamente que definem o porquê do seio esquerdo ser na maioria das vezes o seio maior, uma das explicações seriam de que as batidas do coração estimulam um desenvolvimento maior dos músculos do seio esquerdo. Outra seria devido ao sistema imunológico. Sabe-se que nosso Sistema Imunológico é conhecido por ser funcionalmente assimétrico, e a hipersensibilidade imunológica é maior no lado esquerdo do corpo. Essa assimetria imune também pode explicar o fato do câncer de mama tem maior incidência no seio esquerdo. Ainda existe a explicação quanto a amamentação, onde para ter a mão direita livre enquanto amamentam seus bebês, a maioria das mulheres prefere oferecer a mama esquerda ao bebê, estimulando o desenvolvimento maior do seio esquerdo.                                                                                                                                                                                         Embora seja muito raro, existe ainda a possibilidade de um seio ser muito maior do que o outro. Para isso, existe uma correção cirúrgica envolvendo técnicas específicas, onde a  correção pode exigir a redução de uma das mamas e a colocação de próteses na outra ou apenas implante de silicone com volumes diferentes entre as próteses, para atenuar a assimetria!                                                                                                                                             Mesmo que a assimetria leve seja completamente normal, ela pode acabar com a auto-estima de algumas mulheres e até mesmo comprometer a vida amorosa. Porém além de se preocupar com a correção por meio de cirurgias estéticas é importante também saber diferenciar o que é normal e o que não é. Se são muito desproporcionais, ou se doem ou incomodam, é importantíssimo uma consulta médica, assim como realizar o autoexame no mínimo uma vez por mês.

 

29 Comments

  1. boa tarde meninas. Alguém pode me responder porque o mesmo tamanho dé prótese as vezes fica bom pra umas pequena para outra o muito grand eainda para outras?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*