Quando a lipo não tem o resultado esperado e surgem fibroses: saiba como trata-las

Perdendo apenas para o implante mamário de silicone a  lipoaspiração é segunda cirurgia estética mais realizada no país, conforme dados da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Porém nem sempre os resultados destes procedimentos são tão simples e satisfatórios como prometidos por inúmeros cirurgiões e clínicas de cirurgia plástica. Além dos riscos de vida, existe ainda muitas situações onde o resultado estético fica totalmente diferente do prometido, como por exemplo nos casos onde após a lipo surgem fibroses: uma cicatrização irregular, que causa aparência disforme e ondulações na pele.

Conheça os motivos, pelos quais isso pode acontecer:

Segundo a fisioterapeuta Juliana Borges especialista em dermato-funcional  toda cirurgia, incluindo a lipoaspiração  faz com que o corpo desenvolva fibroses,  porém em maior ou menor grau. A fibrose é um edema que se forma no tecido durante o período de cicatrização. Quanto mais gordura o cirurgião retira, mais fibroses aparecem. O tecido da região fica enrijecido e com um aspecto irregular. As fibroses podem ocorrer com mais intensidade quando a gordura é retirada excessivamente, já perto demais da pele. Esse é um dos motivos também pelo qual aconselha-se que em uma lipoaspiração seja retirado no máximo de 5% a 7% de gordura do peso total do paciente, pois mais do que isso pode ser prejudicial a saúde e favorecer o aparecimento de fibroses.

FOTOS DE ALGUMAS PACIENTES COM FIBROSES:

Tratamentos:

Atualmente ja  existe uma técnica mais eficaz e avançada do que a drenagem linfática para o tratamento das fibroses,uma vez que a drenagem atua mais especificamente na redução do edema(inchaço) pós-cirurgico. Chama-se: “Liberação Tecidual Funcional” uma Técnica de Massagem Manual com manobras específicas que consiste na reorganização do tecido cicatricial, promovendo resolução das fibroses e permitindo a recuperação total dos tecidos afetados.Vale ressaltar que as fibroses podem aparecer no corpo do paciente mesmo que a cirurgia tenha sido realizada corretamente e todos os cuidados tenham sido tomados. E isso é normal. Mas para que o corpo não fique marcado posteriormente ou para que o quadro não se agrave é fundamental que a pessoa comece a frequentar, logo depois da cirurgia, clínicas de fisioterapia ou de estética especializadas em pós-operatório. Mesmo fibroses menores devem ser eliminadas para que o aspecto final seja bom. E além de fibroses e aderências, é importante também cuidar da flacidez, para não ficar com a pele da barriga caída e com o ‘umbigo triste’. Em geral o corpo demora cerca de seis meses para cicatrizar depois de uma lipo. Porém, quanto antes o tratamento para fibrose começar, mais chances de obter melhores resultados.

Quando a fibrose não desaparece com tratamentos estéticos:

Caso o quadro de fibrose se agrave, ou não diminua e suma por completo após um período de seis meses, normalmente é indicado que o paciente se submeta a outra cirurgia de lipoaspiração conhecida como Retoque, desta vez, porém, o procedimento será realizado com a finalidade de acabar com as fibroses, e não para a retirada de gordura. A lipoaspiração para o tratamento de fibrose é realizado com cânulas especiais e tem como objetivo quebrar estas ondulações e posteriormente enxertar gordura na área atingida para regularização.

43 Comentários

  1. Luciana  /  28 de março de 2016, 21:54 Replicar

    Tenho fibrose a muitos anos, alguém pode me indicar algum tratamento, pois ja fiz carbox, drenagem e nada resolveu.

  2. PAULA  /  20 de janeiro de 2016, 16:46 Replicar

    BOA TARDE!
    É POSSÍVEL UMA INDICAÇÃO DE ALGUÉM QUE REALIZE LTF EM JUIZ DE FORA?

  3. Patricia Melo  /  12 de janeiro de 2016, 12:00 Replicar

    Olá tudo bem meninas?

    Já ouvi falar de placas de contenção para usar no pós operatório que ajudam a eliminar fibroses por que elas pressionam a pele com o músculo onde ficou o espaço morto da retirada da gordura.

    Deem uma olhada nessas tem pra várias cirurgias, bjos espero ter contribuido.

    http://loja.servimedic.com.br/tratamento-e-estetica/placas-de-contensao-pos-cirurgica

  4. ellen  /  27 de dezembro de 2015, 17:08 Replicar

    Olá fiz hidrolipo a cerca de um mês e estou com muita fibroses perto do umbigo… a área esta meio flácida e com uns vincos… ja fiz umas 15 sessões de drenagens e algumas de carboxi… mas nada… estou desesperada… alguém conhece algum tratamento bom na região da baixada santista ?

  5. Ricardo Aguiar  /  1 de fevereiro de 2015, 15:09 Replicar

    Olá! Sou Biomédico e Laserterapeuta. Trabalho com o LASER de baixa potencia tanto na fibrose como na cicatriz. Obtenho excelentes resultados pois o LASER é Biomodulador. De inicio observamos um alivio no quadro álgico bem como uma resposta anti-inflamatória trazendo o logo o conforto! Ao final do tratamento temos resultados excelentes! Como não é um tratamento invasivo, não há dor (só alívio!) e existe o minimo contato possível (sem manipulação) o que não influencia negativamente no processo de cicatrização!

    • vivian simas teles  /  1 de fevereiro de 2017, 0:13 Replicar

      passe o contato Ricardo Aguiar?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *