Próteses de silicone tem prazo de validade?Quando trocar?

Com a grande evolução nas indústrias, atualmente as próteses de silicone possuem cápsulas mais resistentes, tripla camada de proteção e gel coesivo, sendo muito mais durável e seguro. Os cirurgiões plásticos já observam que algumas próteses de mama se mantêm íntegras após dez anos ou até doze anos após a cirurgia. E, por isso, acreditam que as novas próteses podem chegar a 20 anos de durabilidade. Porém mesmo que isso não signifique que as pacientes precisem se submeter a uma nova cirurgia exatamente ao passar de uma década, os médicos deixam claro e fazem o alerta: o material não dura para sempre!

Dentro do organismo, os implantes sofrem com o envelhecimento ocasionado pela ação de líquidos ácidos e também pela temperatura corporal, portanto garantias vitalícias podem não são verdadeiras. Por conta desta degradação, nenhum implante é definitivo e alguns podem durar menos do que a validade dada pelos fabricantes. A garantia significa que neste período o produto não deve apresentar problemas, mas não é regra. Assim como algumas mulheres podem ter a prótese há mais de 10 anos sem incômodos, outras podem apresentar necessidade de troca antes mesmo desse período dado na validade. De acordo com os médicos, o próprio corpo costuma dar sinais de que chegou a hora de trocar o material. Entre os principais alertas estão a flacidez, coceiras, latejamento das mamas, ocorrência de mastite (inflamação das glândulas mamárias) e cistos. A mulher que possui silicone precisa de um controle semestral ou anual do implante e diante de qualquer desconforto deve procurar um médico.

De qualquer forma, é importante também fazer a cada 10 anos uma consulta de avaliação que vai certificar se a prótese está íntegra e sem problemas. O melhor exame para avaliar as condições da prótese de silicone É a Ressonância Magnética.

 

Exames de Avaliação:

Confira exames que devem fazer parte da rotina de quem tem implante de silicone:

Mulheres até 30 anos

* Ecografia: Verifica a situação da cápsula do implante e detecta possíveis lesões ou perfurações no material;

 

Mulheres acima dos 30 anos

* Mamografia: Exame complementar à ecografia, ajuda a detectar o aparecimento de tumores nas mamas. Deve ser realizada de forma preventiva por todas as mulheres.

 

Mulheres Após cinco anos da colocação dos implantes

* Ressonância magnética: Detecta o aparecimento de rupturas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

14 Comentários

  1. Katly  /  3 de maio de 2016, 0:48 Replicar

    Gostaria de saber, se no caso de rompimento ou deslocamento de silicone com menos de 5 anos após a cirurgia, obriga ao cirurgião refazer a mama sem custo algum.?

  2. Anna  /  23 de dezembro de 2012, 16:40 Replicar

    Ola meninas!!!

    Gostaria que voces relatassem a experiencia de troca da protese. Como é fazer a cirurgia novamente, passar por toda a preparação, pos operatorio, dores… Pois tenho um sonho em colocar silicone mas penso em ter que passar tudo isso varias vezes, sera que vale a pena?
    A cirurgia tem mais risco?? Mto Obrigada Bjsss

  3. kely  /  1 de junho de 2012, 14:32 Replicar

    Ola nany, parabens pela matéria, vc arrasou mesmo! ME esclareça uma duvida. Ouvi dizer varias vezes que a protese da CRM é garantia vitalicia inclusive por medicos. Essa garantia é pra sempre caso haja contratura, ou algo do tipo e as pessoas entendem como nunca mais precisara trocar?

    • Nany  /  1 de junho de 2012, 15:14 Replicar

      Isso mesmo Kely…tanto que eu tive que alterar algumas materias no site, devido ao mal entendimento das pessoas. Por isso o post, para tentar esclarecer algumas coisas e alertar que todas devemos fazer exames de rotina e prevenção, porque seios bonitos por fora, não significa que também estejam lindos por dentro não é mesmo?

  4. Aurinha  /  1 de junho de 2012, 9:45 Replicar

    Oi Deia, concordo muito com vc e é por isso que vou falar um pouquinho da minha experiência, mesmo sabendo que quase tudo já foi dito pela Nany.

    Pus próteses, fiz lipo do abdômen e costas com reinxerto nos glúteos no dia 18 de maio. Graças a Deus correu tudo maravilhosamente bem, mas acho que vale à pena relembrar às meninas algumas coisinhas.

    Antes de decidir passar por esses procedimentos eu li muito sobre o assunto e esse blog me ajudou pra caramba. Nem sei o que teria sido de mim sem tudo o que li aqui! Mas gostaria de reforçar as palavras da Nany.

    É muito importante o pré-operatório, mas o pós é ainda mais! Meninas, façam um orçamentozinho com o preço de TUDO, coloquem tudo na ponta do lápis, verifiquem o valor final e digam-se que, na realidade, o gasto real será bem superior. É muito importante ter uma reserva de segurança para o pós. Eu, apesar de ter feito isto, estou gastando bem mais do que imaginava com o pós operatório, e olha que tentei me organizar e prever as coisas ao máximo.

    Outra coisa que aprendi: lipo é um procedimento bastante invasivo. Só agora é que consigo tocar meu corpo e sentir que ele é meu, apesar de ainda achar um pouco estranho. Não estava preparada para a dormência de algumas partes, para a hyper sensibilidade de outras. Quando eu tirava o macaquinho modelador, tinha a impressão de que minha barriga era uma grande porção de gelatina, pois fica tudo “solto”. Não senti dores, mas muito ardor em toda a região lipada. Espirrar ou tossir, nos primeiros dias depois da lipo, era horrível. Arde tudo, e muito! Graças a Deus existe um negócio chamado drenagem linfática que é tudo de bom. Faço drenagem com manthus desde o 3° dia após a lipo e tive a sorte de encontrar uma profissional muito competente, muito mesmo. Então meu conselho é: façam muita drenagem! Tem sido graças à profissional que me faz as drenagens que estou conseguindo matar um mal pela raiz, a tão desagradável fibrose.

    E para quem faz lipo junto com implante de silicone nos seios, preparem-se para as noites mal dormidas e para as dores nas costas! Tomem muito liquido, comam coisas leves e de três em três horas (para não encher muito o estômago em uma única refeição), guardem repouso, mesmo que estejam se sentindo muito bem. Não negligenciar o pós é muito importante.

    Durante o pós, também é muito importante poder contar com o apoio da família. É preciso ter ajuda pra deitar, pra se levantar, para pôr e tirar a cinta, pra prender os cabelos, pras idas e vindas ao médico e às drenagens. Enfim, fica-se muito dependente dos outros.

    Pra terminar, queria dizer pra vcs que fiz esses procedimentos tendo em mente uma coisa muito importante que a Nany disse: cirurgia plástica não deixa o corpo perfeito. Meu resultado está a cada dia mais maravilhoso e estou mesmo muito satisfeita com tudo, mas não vejo perfeição (afora nos meus novos seios lindérrimos! rsrsrs) e aceito isso muuuito bem. Enfim, apesar de todas as dificuldades, estou feliz da vida, meninas.

    Beijinhos pra todas e um grande abraço pra Nany, esse anjo da guarda.

    • Nany  /  1 de junho de 2012, 10:38 Replicar

      Aurinha e eu faço de suas as minhas palavras tbm amiga! Essa é a mais pura realidade!!!Obrigada por sempre estar presente compartilhando sua experiência aqui no blog…amo seus comentários! Bjinhos

    • Deia  /  2 de junho de 2012, 20:00 Replicar

      Aurinha, adorei seu relato!! Acho que vc resumiu super bem !! Eu vi meninas aqui falando que tinha X reais para fazer a cirurgia e perguntando qual médico faria por esse preço… eu achei lamentável, pq dava para perceber que a pessoa juntou tudo o que tinha e nem podia arcar mais com o pós operatório. Deixar bem claro que é muito caro cirurgia estética, pelo menos para a média brasileira. E as vezes vc tem que refazer a cirurgia, o médico geralmente não cobra o retoque, mas o hospital e o anestesista cobram, então tem muita coisa para colocar na balança e no seu planejamento. Beijos meninas

  5. Rafa  /  1 de junho de 2012, 8:21 Replicar

    É verdade meninas…a primeira médica que fui disse que teria garantia vitalícia…nem sei se isso é verdade, pois o médico que coloquei informou que a garantia seria de 10 anos se tudo corresse bem até lá…acredito que tenha feito a melhor escolha, não só ouvir o que a gente acha que é bom pra gente e sim a realidade dos fatos…bjinhos!

    • Nany  /  1 de junho de 2012, 10:48 Replicar

      Rafa, eles explicam mal sobre essa garantia…ela é vitalícia pq caso vc tenha uma contratura eles te dão outra prótese no lugar…mas nao significa que ela nunca tenha problema e que nunca vc precise trocar ou se incomodar.

  6. Deia  /  31 de maio de 2012, 23:49 Replicar

    Adorei tb!! Legal abordar esses assuntos aqui, pois parece que a mulherada se preocupa mais com o tamanho do que outros pontos importantes. Seria bacana se todas participassem mais sobre outros assuntos relacioandos as cirurgias, pois ainda existe pessoas que acreditam que as próteses duram para sempre e existem médicos irresponsáveis que falam que nunca precisarão troca-las. Parabéns Nany!!

  7. Kika  /  31 de maio de 2012, 20:19 Replicar

    Adorei Nany! Parabéns pelas matérias e obrigada pelo carinho que vc tem conosco! Amooo esse blog! = )

  8. Vanessa  /  31 de maio de 2012, 20:12 Replicar

    Nany vc arrasa nas matérias!!!

    • Nany  /  31 de maio de 2012, 21:32 Replicar

      É meninas, não podemos esquecer de nos cuidar….nada dura pra sempre né! bjossss

      • Maura Alves  /  3 de dezembro de 2012, 11:06 Replicar

        oi Nany, gostaria muito de te fazer algumas perguntas, por favor me adicione no MSN: maura_alves_@hotmail.com
        sou de Lucas do Rio Verde MT
        Bjs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *