Tipos de Lipoaspiração

Diferenças entre os procedimentos de lipospiração:

Atualmente existem vários tipos de “lipos”, cheia de nomes e siglas diferentes, divulgadas por clínicas de estética, reportagens e revistas leigas de cirurgia plástica, cada uma tentando provar qual técnica é melhor e mais segura que a outra. Baseado nessas dúvidas, foi procurado esclarecer de forma simples a diferença entre cada uma delas,através de suas vantagens e desvantagens.


Lipoaspiração: é uma técnica cirúrgica, na qual a gordura (lipo) é aspirada através de uma cânula. É da especialidade da Cirurgia Plástica, sendo regulamentada pelo Conselho Federal de Medicina como especialidade cirúrgica, ou seja, apenas os cirurgiões estão aptos a realizá-la.

Lipoescultura: é uma lipoaspiração na qual parte da gordura aspirada é injetada (enxertada) em outra parte do corpo (vincos da face, glúteos, depressões, etc) visando um preenchimento nesta área. Parte da gordura enxertada (em torno de 40%) é reabsorvida. A gordura que “pegar” fica permanentemente no local aplicado.

Vibrolipoaspiração: é a lipoaspiração realizada a partir de um aparelho que faz a cânula vibrar, facilitando a penetração na gordura, a aspiração menos traumática, menor sangramento, menor dor pós-operatória. Desvantagem: um custo adicional devido ao uso do aparelho.

Lipoaspiração Ultrassônica: é a lipoaspiração em que na primeira fase se insere uma cânula com ponta de ultrassom, que visa liquefazer a gordura. Logo em seguida, faz-se a lipoaspiração tradicional, para aspirar a gordura liquefeita e a que não foi totalmente liquefeita. A vantagem é uma menor dor pós-operatória, menor sangramento. Desvantagem: custo adicional pelo aparelho, risco de queimadura de terceiro grau pela cânula de ultrassom, lesão da gordura pelo ultrassom, impedindo de enxertá-la (lipoescultura).

Lipoaspiração a Laser: é igual à ultrassônica, mas com laser no lugar do ultrassom. É muito pouco realizada, sendo seus resultados ainda pouco estudados.

Hidrolipoclasia: é um procedimento não cirúrgico, onde se injeta soro fisiológico ou água destilada na gordura e depois se realiza ultrassom externo, visando liquefazer a gordura. Vantagem: não ser cirúrgico, poder ser repetido inúmeras vezes. Desvantagem: ser doloroso se usado água destilada, ter resultados frustrantes, pois o ultrassom externo é pouco eficaz.

HLPA: conhecida também como hidrolipo aspirativa, é a associação da hidrolipoclasia e a lipoaspiração tradicional ou vibrolipoaspiração. Vantagem: menos dolorosa, devido à ação antiinflamatória e analgésica do ultrassom. Desvantagens: geralmente realizada por setores (por partes do corpo), são necessárias várias sessões, com várias recuperações e procedimentos, tendo muitas vezes um custo maior do que uma lipo realizada em tempo único. A freqüência de irregularidades é maior do que as lipos realizadas em tempo único. A noção que fazer vários procedimentos menores em clínicas ou consultórios é mais segura do que um procedimento único e mais extenso em hospital, também é equivocada.

Mini Lipo: é uma lipoaspiração realizada por setor (por partes), com volume menor lipoaspirado, geralmente realizada em clinicas ou consultórios. A vantagem é um procedimento menor, menos doloroso e com recuperação mais rápida do que uma lipo em tempo único. Desvantagens: maior chance de irregularidades, menor satisfação com a retirada menor de gordura do que o esperado. Novamente, a noção que fazer vários procedimentos menores em clínicas ou consultórios é mais segura do que um procedimento único e mais extenso em hospital, também é equivocada.

Tipo de anestesia:
Depende da área a ser operada e do volume de gordura a ser lipoaspirado. Pode ser desde a anestesia local, local com sedação, peridural, ou geral.

Tempo de internação:
Varia de 12 a 24 horas, dependendo do tamanho da lipoaspiração.

40 Comentários

  1. Patricia Melo  /  12 de janeiro de 2016, 12:06 Replicar

    Olá meninas tudo bem/

    Após uma lipo é sempre muito importante a recuperação do pós operatório é nesse momento que obtemos os resultados, se for mal feito o pós operatório os resultados podem se desastrosos e traumáticos, imagina pagar por uma cirurgia pra ficar bonita e depois ficar cheia de hematomas, fibroses. Vai uma dica agora, essa placas são muitos utilizadas após as operações pelo fato de pressionarem a pele junto ao músculo, pois depois de tirar a gordura fica um descolamento entre pele e músculo.

    Vejam essas placas de contenção
    http://loja.servimedic.com.br/tratamento-e-estetica/placas-de-contensao-pos-cirurgica

    Espero ter contribuido, bjos

  2. camila  /  27 de agosto de 2015, 15:19 Replicar

    Olá se alguém souber um cirurgião bom, e barato, para fazer mini lipo anestesia local favor me indicar meninas
    bjs
    ccdiiaas@gmail.com

  3. Sophia  /  18 de agosto de 2014, 23:25 Replicar

    Quero contar minha experiência não muito boa…

    Tenho 34 anos, sempre fui magra meu maior peso foi 47 kilos, atualmente 45, porem com flancos e uma peq barriga, por ser muito magra me incomodavam. Meu maior sonho era fazer uma lipo, ganhar cintura. Na época não ganhava bem, fui ajuntando dinheiro de 100,00 em 100,00, todas as reservas colocava na poupança, com um certo dinheiro guardado comecei a procurar um cirurgião, fiz 4 avaliações, e for fim por indicação, cheguei a Clinica Anchieta (não sei se e ético falar os nomes). Paguei a vista o procedimento. Passei em consulta… empolgada fiz todos os exames pre e pos operatórios, como sou da saúde, fiquei 3 meses dia e noite procurando informações sobre o pos operatório bem como sobre o procedimento cirúrgico. Tinha noites que não dormia, tamanha ansiedade. Bem chegou o dia, fui tqla para a cirurgia, o pos operatório foi doloridíssimo, nunca senti tanta dor na minha vida… No outro dia estava muito inchada, mas a impressão era que não tinha saído gorduras, no dia perguntei quantos litros tiraram, me falaram que foi quase 01 litro, enfim, fiz todo o procedimento correto do PO, fiz drenagens, usei a cinta por 3 meses, e a gordura continua no mesmo lugar so que com detalhes, minha barriga ficou cheia de fibrose, os flancos não saíram, de uma lado ficou menor que o outro, totalmente assimétrico, como não havia comentado que iria fazer a cirurgia, ninguém percebeu.. Meu sonho se tornou pesadelo meu corpo ficou pior do que era… Joguei o dinheiro fora, estou triste e insatisfeita. Procurei o cirurgião que reconheceu não ter ficado boa, disse para eu pagar o retoque, porem estou com medo, pois a sensação que tenho e que não vai ficar do jeito que gostaria. Sofri com dores, gastei um dinheiro alto, coma a cirurgia, cinta e drenagens, para não ficar satisfeita. eu acho que deveria haver mais zelo e profissionalismo nesta área, visto que lidam com sonhos e os estragos no corpo são pra sempre…

    • Kelliane  /  9 de novembro de 2015, 8:31 Replicar

      Meu Deus! Fiquei muito sentida com sua história. Vc não pensou em procurar a justiça contra esse médico não? Como ele mesmo reconheceu que não prestou, ele deveria ter arcado com o retoque. Poderia me informar qual cidade vc é e se possível o nome do médico? Abraço!

  4. Gabby  /  27 de janeiro de 2014, 13:30 Replicar

    Oiiie.. Fiz uma cirurgia nas ”orelhas de abanos” com Dr. Sallet em dezembro 2010,
    no local da cicatriz criou queloide, sinto dores horrivéis até hj, nem pensar em dormir por cima,
    e agora ainda tem um ponto saindo para fora, sempre fui atendida somente pela enfermeira dele.
    Gostaria de fazer uma lipo, mas com um médico seguro e barato tbm, alguém indica algum?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *