O que é lipoaspiração?

Lipoaspiração: é uma técnica cirúrgica, na qual a gordura (lipo) é aspirada. No procedimento é realizada uma incisão minúscula de cerca de 2 mm e por esta incisão são inseridas cânulas muito finas, que são ôcas. Através desta cânula é aplicado o vácuo, que aspira gordura. O vácuo pode ser obtido por uma simples seringa de 60 ml ou por máquinas que aspiram. As seringas permitem manuseio mais cuidadoso e uma melhor modelação, mas o procedimento é mais demorado e trabalhoso, assim as seringas são utilizadas em procedimentos pequenos. As máquinas permitem que um maior volume de gordura seja aspirado sem que o cirurgião se desgaste muito. Existem máquinas que geram vácuos e máquinas que vibram as cânulas tornando o procedimento mais rápido e menos extenuante para a equipe médica.


Junto com a gordura sai o líquido anestésico que foi infiltrado para a anestesia. A técnica, portanto é relativamente simples, o que faz diferença no resultado é a correta indicação e a escolha do momento certo para a realização da cirurgia.

A técnica mais utilizada atualmente é a da Anestesia Tumescente , quando um certo volume de líquido junto com o anestésico é injetado, e este líquido penetra na célula de gordura, facilitando a extração. O líquido não só anestesia como facilita a retirada da gordura. Junto com o líquido é injetado epinefrina, que é um vasoconstrictor, ou seja, diminuem o sangramento da cirurgia, diminuindo os riscos e também os hematomas pós – operatórios.

Antes do procedimento as áreas que serão tratadas, são cuidadosamente demarcadas com tinta resistente, que vai orientar o cirurgião durante a cirurgia.

Na técnica não tumescente, menores quantidades de líquidos são injetados, mas esta técnica requer anestesia regional ou sedação.

Estes procedimento são da especialidade da Cirurgia Plástica, sendo regulamentada pelo Conselho Federal de Medicina como especialidade cirúrgica, ou seja, apenas os cirurgiões estão aptos a realizá-la.
Pela popularização da técnica, excelentes resultados e segurança a lipoaspiração tornou-se objeto de desejo feminino, no desejo de remodelar o corpo e atingir a tão desejada definição corporal.

Vale atentar que a lipoaspiração não é feita para emagrecer e perder peso e sim, para remodelar o corpo, retirar aquela gordura localizada e assim mudar o contorno corporal. Após a cirurgia a mudança na balança não é tão grande quanto a aparente perda de peso que a paciente apresenta no pós-operatório. Isto se deve ao pouco peso da gordura se comparada com os outros tecidos corporais (osso, músculo, etc.).

Os melhores resultados da lipoaspiração ocorrem naquelas pacientes próxima ao peso ideal e que apresentam apenas algumas gorduras localizadas e de difícil perda com dietas. Pacientes muito acima do peso, que necessitam grandes perdas de tecido gorduroso em áreas extensas, além de apresentarem maior risco cirúrgico apresentam maior chance de ficar com irregularidades e haver sobra de pele no pós-operatório, visto que na lipoaspiração não se retira a pele excedente. Por tudo isto, a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica nos orienta quanto a um limite de segurança de retirada de gordura, que fica em torno de 7% do peso corporal.

1 Comentário

  1. diogo  /  8 de maio de 2014, 15:07 Replicar

    Sou paraplégico a 2 anos e infelizmente mesmo com muita atividade física não consigo perder os famosos pneuzinhos e barriga. Gostaria dessa explicação se em meu caso por ser paraplégico posso realizar uma lipoaspiração. desde já agradeço e aguardo resposta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *